Somos como telas…

Maria Araújo sempre gostou das cores, de pincelar outros cenários, ramos da imaginação. Para ela, nada melhor do que se entregar ao processo do criar. Nada está programado. Maria se deixa levar pela suavidade do pincel,aprecia as gotas de água coloridas, prega formas no papel com naturalidade.

A tela conversa com ela, o material fala o que quer receber, ou propõe um outro desfecho, como um desafio que a artista valoriza e precisa para superar e evoluir… construir a si mesma. Por que não? O artista é a própria obra!
Ela sabe que o controle é ilusório e a beleza está na transformação, e que sem obstáculos a transpor não há vida. Somos como cores, pincéis a pintar e a escolher a cada momento o que será essa grande tela que nos pertence: nossa vida. O Baobah Estúdios de Autocriação nos presenteia com este pequeno vídeo. Você é sua melhor criação! Assista aqui.

No Comments Yet

Leave a Comment

FacebookYouTubeVimeo